sexta-feira, 11 de abril de 2008

Dragon Ball Z Ensina como fazer ROLETA RUSSA

Quero deixar claro que eu não sou contra os desenhos, jogos e games que ensinam de forma lúdica conceitos éticos e morais.

Acredito que a criança necessita de um mundo com a verdadeira fantasia para que ela possa ter uma infância saudável, mas infelizmente temos que estar atento em muitos desenhos e jogos.

Já se foi o tempo dos desenhos animados serem apenas um entretenimento infantil sem segundas intenções. Hoje existem as supostas fantasias em livros, desenhos, na tv aberta ou paga, com o interesse de introduzir conceitos violentos e religiosos nos seus assíduos telespectadores.


A palavra fantasia é definida como Imaginação, obra da criação do pensamento. Dentro desta definição, fantasia é o trabalhar da mente ou do consciente da criança para que ela possa ter um contato com um mundo imaginário. Isto é saudável.

Mas o que encontramos principalmente em muitos desenhos, não todos, são ações violentas como esta que você acabou de assistir. O que está acontecendo é que alguns desenhos e jogos têm sido levados mais para o mal do que para o bem, hoje a um processo de banalização do bem e do mal, do profano do sagrado, o abismo que separava estes dois pólos foi aterrado pelo uso incorreto da fantasia.


Em breve eu estarei colocando uma matéria neste blog sobre as influências de alguns desenhos animados na criança.
Deus abençoe.

2 comentários:

JAMIERSON OLIVEIRA disse...

Educar filhos para a vida e para Deus é um dos desafios mais difíceis para um casal cristão. Como fazê-los caminhar para o céu sem roubar-lhes a infância? O que é pior, colocar terninho e gravatinha num menino de 6 anos, ou dar a ele um playstation?
Fazer os pequeninos irem a até jesus com suas brincadeiras e mulecagens talvez seja a melhor forma de construir para eles um mundo equilibrado. Daí a importância de ministérios como a APEC, Vida e Luz com o Smilinguido e Cia., etc. O Alexandre tem contribuido para esse assunto de forma singular e pioneira.
Que Deus nos ajude!

Amo trabalhar com crianças disse...

Querido irmão
Ficou feliz em encontrar pessoas que se preocupam com nossos pequeninos, tenho visto muitos pais e até lideres religiosos que não conseguem perceber o perigo dos desenhos para nossas criança e isso me deixa triste. Qual será o futuro da igreja?
Que nosso bom Deus continue te abençoando nessa tarefa.